João Pessoa, 16 de agosto de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
PESQUISA

Procon-JP autuará quem aumentar preço de gás

Comentários:
publicado em 16/08/2017 às 14h05
atualizado em 16/08/2017 às 16h44
A- A+

O botijão do gás de cozinha de 13 quilos vem subindo em alguns estabelecimentos na Capital, segundo pesquisa de preços comparativa realizada pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor nos dias 14 e 15 de agosto de 2017. Os locais que não apresentarem justificativa para o aumento serão autuados pelo Procon-JP.

O menor e o maior preços continuam os mesmos praticados no dia 13 de julho, R$ 50,00 e R$ 60,00, respectivamente, com variação de até 20%. Porém, oito estabelecimentos aumentaram o preço para o pagamento à vista em até R$ 5,00. O secretário do Procon-JP, Helton Renê, garante que esses estabelecimentos serão fiscalizados e terão que justificar esse aumento.

“Não houve aumento para o gás de cozinha, o que houve foi um reajuste de 7,2% para o gás utilizado nos setores industrial e comercial a partir desta quarta-feira, 16. Então, aparentemente não há motivo para que o consumidor esteja pagando mais caro o gás que consome em sua casa. Vamos fiscalizar e autuar quem não justificar esse aumento”, afirma o secretário, acrescentando que as pessoas devem ficar atentas e denunciar qualquer abusividade ao Procon-JP.

O aumento – De acordo com a pesquisa comparativa do Procon-JP, o preço do gás de cozinha subiu no Depósito Pecorelli (de R$ 55,00 para R$ 58); Zé do Gás (R$ 50,00 para R$ 53,00); Pereira Gás (R$ 50,00 para R$ 55,00); Depósito D’Almir (R$ 50,00 para R$ 55,00); Unigás (R$ 50,00 para R$ 55,00); Gravatá Gás (R$ 55,00 para R$ 60,00); Nilda Gás (R$ 55,00 para R$ 58,00); Isaquiel Gás (R$ 50,00 para R$ 53,00).

O levantamento de preços ocorreu em 22 pontos de revenda espalhados em 17 bairros da Capital. Foram pesquisados valores do produto das marcas Brasilgás, Liquigás, Supergasbras, Nacional Gás e Ultra Gás.

A pesquisa do Procon-JP levantou preços nos seguintes estabelecimentos: Depósito Pecorelli (Jaguaribe); Mercadinho Pontes (Jardim Planalto); Zé do Gás e Pereira Gás (Ilha do Bispo); Depósito do Neto (Alto do Mateus); Nunes Gás, Postos Bancários, Real Gás e Neto Gás (Bancários); Depósito D’Almir (Bairro dos Estados); Posto Expressão (Bessa); Brito Distribuidora (Expedicionários); Mercadinho Pedro Gondim (Pedro Gondim); Hugo Gás e Unigás (Geisel); Beto Gás (Monsenhor Magno); Gravatá Gás (Valentina I); Melhor Gás e 3G Bebidas, Gás e Água (Mangabeira I); Nilda Gás (Castelo Branco): Isaquiel Gás (Miramar); Posto ALE (Bairro das Indústrias).

Para acessar a pesquisa completa acesse o portal da prefeitura de João Pessoa, através do link: http://midi.as/GdT1

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também