João Pessoa, 21 de outubro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
incentivo

PMJP investiu R$ 8 mi no setor audiovisual

Comentários:
publicado em 18/06/2017 às 17h39
atualizado em 18/06/2017 às 18h39

“É possível fazer cinema na Paraíba, prova disso são as séries, curtas e longas produzidos aqui”, revela Bertrand Lira, diretor de vários filmes, que reconhece a importância do investimento público no setor audiovisual. Nesta segunda-feira (19), o País celebra o Dia do Cinema Brasileiro, data que pode ser comemorada com números que revelam o incentivo da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) para as produções cinematográficas. Só nos últimos quatro anos, foram liberados aproximadamente R$ 8 milhões para produções na área de cinema e vídeo através do prêmio Walfredo Rodriguez de Audiovisual.

Essas ações de investimentos resultaram em mais de 40 produções cinematografias na Paraíba. “A história do cinema paraibano nunca viu antes tantos investimentos como é notado hoje. A Prefeitura vai continuar investindo e com isso resultará em mais empregos diretos e indiretos na Paraíba”, disse o diretor da Funjope, Maurício Burity.

É o que pensa também Bertrand Lira. “É fundamental a presença do estado para fomentar as atividades cinematográficas. Esses editais ajudam a pagar as pessoas, fazendo uma movimentação na economia e a Prefeitura tem feito isso através desse edital”, contou.   O diretor ainda revela que o cinema não sofreu, mesmo com a crise. “Com a demanda grande, o setor do audiovisual não sofreu com a crise no Brasil”, finalizou.

Além do apoio financeiro, a PMJP faz a exibição dessas produções na TV Cidade, no programa Cinemando. “É muito importante esse projeto para propagar a produção local de cinema. Tendo em vista que ela é pouco vista e o programa vem para isso, mostrar o telespectador o nosso cinema”, disse o diretor do programa, Sacha Teixeira.

Sacha enfatiza também o potencial desses profissionais que atuam no cinema paraibano. “A gente vê o quão grande é o potencial de nosso povo: criativos, arrojados e acima de tudo guerreiros da sétima arte. Fica claro e evidente o potencial de nossos cineastas, sejam os veteranos ou os novos”, finalizou.

Os investimentos da PMJP não são de hoje, em 2016 foram produzidos 14 filmes em João Pessoa, sendo 10 curtas metragens, três longas e um telefilme, totalizando um investimento de R$ 3,6 milhões da PMJP, através da Funjope em parceria com a Ancine.

Em 2014, foram produzidos 16 filmes, sendo três longas, três telefilmes e 10 curtas metragens, totalizando um investimento de R$ 3,3 milhões. Já em 2012-2013, foram produzidos 13 filmes, sendo dois longas e 11 curtas metragens contemplados com o edital Walfredo Rodrigues, da Funjope.

Sobre a data – 19 de junho é celebrado o Dia do Cinema Brasileiro. Nesta data, de acordo com historiadores, foram registradas as primeiras imagens do Brasil, no ano de 1898.  O italiano Afonso Segreto, a bordo do navio Brésil, vindo de Boudeaux, registrou as primeiras imagens da Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro. As cenas retrataram as décadas de 1940 e 1950, quando o cinema brasileiro ganhou os primeiros estúdios profissionais.

Cinemando – Você pode conferir as produções locais no programa Cinemando, da TV Cidade João Pessoa, no canal 8 da Net, todo sábado, às 21h. A iniciativa, que faz parte de uma parceria da TV Cidade João Pessoa com a Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), visa valorizar e divulgar as produções de audiovisual realizadas em João Pessoa e no Estado.

Secom-JP

Leia Também