João Pessoa, 20 de novembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
demitido

Vereadora denuncia perseguição a genro na PMJP

Comentários:
publicado em 24/01/2017 às 15h59
atualizado em 24/01/2017 às 19h02
Sandra Marrocos, vereadora do PSB

A vereadora de João Pessoa, Sandra Marrocos (PSB), reclamou na tarde desta terça-feira (24) nas redes sociais da não renovação do contrado do “genro”, Renan, da Orquestra da Prefeitura Municipal de João Pessoa, da qual era servidor contratado como flautista.

A vereadora atribuiu a demissão do namorado da filha a uma perseguição política.

Recebo perplexa a notícia de que Renan, flautista da orquestra de João Pessoa há mais de sete anos, não terá seu contrato renovado pelo simples fato de namorar minha filha e eu ser uma vereadora de oposição à gestão que hoje administra a cidade”.

Renan entrou por seus próprios méritos, sem nenhuma indicação política, eu sequer o conhecia à época, mas a covardia e o coronelismo falam mais alto. Não me calarei, não por ser uma pessoa que tenho vínculos, mas por ver a arte e a cultura submetidas a essa subserviência”, criticou Sandra.

MaisPB

Leia Também