João Pessoa, 22 de setembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
eleições 2018

Paulino admite voto em Ricardo e defende união com Cássio

Comentários:
publicado em 24/01/2017 às 15h37
atualizado em 24/01/2017 às 15h58

O ex-governador Roberto Paulino apresentou uma solução para a queda de braço que ocorre internamente no PMDB em relação às eleições de 2018. O peemedebista admitiu voto no governador Ricardo Coutinho e defendeu a união com Cássio Cunha Lima (PSDB) nas próximas eleições gerais.

“O PMDB hoje tem dois candidatos a governador, mas futuramente poderá não ter nenhum e sequer indicar candidato a vice-governador. É isso que eu não quero ver: meu partido a reboque de ninguém”, afirmou.

Para o ex-governador, o presidente estadual da legenda, José Maranhão, e o senador Raimundo Lira (PMDB) saberão conduzir as articulações para garantir o fortalecimento do partido. “Raimundo Lira tem esse poder de somar, então eu considero um grande nome para 2018”, frisou.

As declarações ocorreram durante entrevista na Rádio Cultura de Guarabira.

MaisPB

Leia Também