João Pessoa, 26 de setembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Administrador, pós-graduado em Planejamento Operativo, já atuou na administração pública federal, estadual e municipal. Ocupou por três mandatos o cargo de presidente do CRA-PB e de diretor do Conselho Federal de Administração. Diretor Institucional do SINTUR-JP de 1993 a 2016. Consultor em Administração, presentemente exerce as funções de vice-presidente da APCA (Academia Paraibana de Ciência da Administração). Contato: diretorexecutivoaetc@yahoo.com.br

Institucionalidade x Partidarismo

Comentários:
publicado em 23/01/2017 às 08h49

No Correio da Paraíba dasexta feira (13), na página A2, foi publicada a notícia de que “Ministro garante verbas para a PB”, referindo-se à liberação de recursos determinada por Gilberto Kassab (da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações) para o projeto de inclusão digital aqui em João Pessoa, assim como para um outro alusivo à instalação de câmeras de monitoramento em vários pontos da cidade. Obviamente o anfitrião da solenidade – não só em face do local ter sido a Estação Ciência – foi o prefeito pessoense, Luciano Cartaxo.E a esse evento também se fez presente o prefeito campinense, Romero Rodrigues, além de outras personalidades políticas.

Mas, na reportagem não houve referência à presença de representante do Governo do Estado, porque – ao que pareceu ocorrer – não estava presente mesmo! E em se tratando da presença de um ministro integrante do governo federal a qualquer Estado brasileiro, é de causar grande estranheza a ausência de representante do governo estadual, quando o mais recomendado é que compareça o próprio governador, nessa missão só substituído por excepcional circunstância!

Na Paraíba fatos assim já não causam tanto essa estranheza a que nos referimos. E a crítica aqui expressa não é dirigida a “um só lado da moeda”, não! Aqui, infelizmente, mesmo nos eventos caracterizadamente governamentais, o partidarismo faz-se pesadamente presente, independentemente de época. E contamina até a “plateia”, como na inauguração recente do Viaduto Eduardo Campos (o do Geisel) em que, quando o representante do governo federal foi falar… não houve condição para continuar.

Cabe aos nossos governantes tomarem iniciativas reais – e não só no falar – para que a institucionalidade prevaleça… E não o partidarismo,prejudicial à população.

Leia Também