07 de dezembro de 2016 - 23:03

última hora
01/12/2016 às 11h40 • atualizado em 01/12/2016 às 11h42

Marinho critica dirigente do Inter por declaração sobre tragédia com Chape

marinho

Destaque do Vitória na Série A do Campeonato Brasileiro, Marinho chamou atenção também por sua postura fora de campo. Na madrugada desta quinta-feira, o atacante postou um desabafo em sua conta no Instagram. No texto em que lembra de companheiros e fala com carinho de Arthur Maia, meia que tinha contrato com o Rubro-Negro até dezembro de 2017, Marinho critica aqueles que estão preocupado com a continuidade do Brasileiro.

– 2:36 da manhã!! Tentando levar a vida normal, mas meu coração não aguenta sentir tanta dor, não era de sangue essa irmandade, mas era verdadeira, meu conterrâneo um amigo, um irmão!! Escutando áudios teus e imaginando que tu não se foi, me falou dos teus sonhos e que estava nas mãos de Deus!! Não acredito como tantas pessoas do bem se foram!! Dener, mlk Josimar, Thiaguinho, Biteco. Nossa, era a maioria amigos. Kempes levou teu filho pra tirar foto comigo, pois seu filho adorava eu e minhas frases!! Sabia não!! Parece até mentira que estou falando sobre vocês que partiram!! A vida cheia de sonhos, planos e tudo isso ficou, difícil de acreditar, dormir e acordar tentando achar que isso é um pesadelo que vai acabar!! E tem gente ainda que falou de campeonato?? Aff me poupe ignorantes!! Por mim, que acabe, a vida de muitas pessoas acabou e famílias sofrendo, enquanto muitos perguntam de futebol e que isso prejudicou o clube, duro ver e ler esse tipo de comentário, o que queria hoje era eles de volta, era as famílias felizes com o retorno de todos bem e com saúde!! Mas é duro ouvir que não vão voltar!! Meu irmão, estarei aqui orando pela tua família. Que Deus venha confortar a tua e dos meninos!! “Arthur Maia”, alagoano como eu e um amigo e irmão que a vida me tomou!! Aos outros amigos meus que partiram, eu estou orando pela vida de vocês e de toda família!! Olhar fotos e ouvir áudio “só faz o coração ficar ferido e é assim que me sinto” até quando vai essa tristeza!! – escreveu o atacante.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) decretou luto oficial de sete dias e adiou a realização da última rodada do Campeonato Brasileiro. Os jogos, que aconteceriam neste domingo, serão realizados agora no dia 11 de dezembro. Na quarta, a alteração da data foi criticada pelo vice de futebol do Inter, Fernando Carvalho.

Em entrevista coletiva, o dirigente lamentou e se solidarizou com o acidente que envolveu a delegação do clube catarinense, mas também citou a “tragédia particular” vivenciada pelo Colorado e disse que o adiamento da última rodada do Brasileirão é prejudicial ao clube. Após a polêmica, Carvalho admitiu que o uso do termo “tragédia” para se referir à posição do Inter na tabela foi infeliz e que não há comparação entre as duas situações – o acidente com o avião da Chapecoense, que deixou 71 mortos e seis feridos, com a luta do Inter para escapar do rebaixamento à Série B.

Globo