04 de dezembro de 2016 - 00:54

última hora
27/11/2016 às 08h19 • atualizado em 27/11/2016 às 11h03

Na Romaria da Penha, Cartaxo pede paz e bêncãos para JP

luciano-cartaxo-2

Com o tema “Maria, Mãe da Misericórdia, ajuda-nos a buscar a conversão e cuidar da casa comum” foi realizada na noite deste sábado (26), em João Pessoa, a 253ª Romaria de Nossa Senhora da Penha. O prefeito da Capital, Luciano Cartaxo, estava entre os milhares de fiéis que caminharam cerca de 14 quilômetros em um ato de fé e devoção.

Como de costume, os católicos se concentraram em frente à igreja de Nossa Senhora de Lourdes, em Jaguaribe, e saíram, por volta das 22h. Ao acompanhar procissão, o prefeito Luciano Cartaxo, ao lado da primeira dama Maísa Cartaxo, desejou paz às famílias e revelou que participar da Romaria, como faz há muitos anos, é um momento também para agradecer.

“Tenho uma devoção muito grande a Nossa Senhora. Vim para pedir paz e bênçãos para a nossa cidade para que sejamos sempre iluminados e que a cidade possa seguir seu rumo em paz e harmonia. Que a gente possa ter famílias cada vez mais unidas e que a cidade prospere com as bênçãos de Nossa Senhora”, declarou o prefeito.

luciano-cartaxo-romaria-da-penha

Por sua vez, o administrador apostólico da Arquidiocese da Paraíba, Dom Genival Saraiva, parabenizou os católicos presentes na Romaria pelos 253 anos do evento religioso e lembrou que o tema escolhido para este ano é um alerta para que cada um busque a sua conversão. “Cuidar da casa comum é buscar a conversão, promover uma mudança de atitude, cuidar da casa humana. É reconhecer a misericórdia de Deus para conosco”, destacou o religioso.

Após a saída da Igreja de Nossa Senhora de Lourdes, os milhares de fiéis seguiram pelas Avenidas João Machado e Dom Pedro II, passaram pela Universidade Federal da Paraíba, Bancários, Cidade Verde, Quadramares, até chegar à Praia da Penha. Ao longo de todo o percurso, os participantes contaram com o apoio da Guarda Municipal, equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), além da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

romaria-da-penha-2016

Promessas – Um dos principais eventos representativos da fé católica na Capital, a Romaria da Penha é para muitos participantes a oportunidade para pedir e agradecer as graças alcançadas. E muitos fiéis levam nas mãos e até mesmo nas vestes os sinais dos milagres recebidos.

A dona de casa Joselma Soares carregava em uma mão uma pequena bandeira com a imagem de Nossa Senhora da Penha. Na outra, uma pequena réplica de uma cabeça esculpida em gesso. Este segundo objeto representa a cura de um acidente vascular cerebral, sofrido pela cunhada há seis meses.

“Ela teve esse problema, fez duas cirurgias na cabeça e muita gente achou que ela não iria resistir. Mas Nossa Senhora passou a frente e ela está se recuperando. Estou aqui para agradecer por essa benção”, detalhou.

O mecânico Paulo da Costa também carregava um sinal de agradecimento. Por todo o percurso ele caminhou com uma casa confeccionada em isopor para agradecer o sonho realizado. “Sofri muitos anos no aluguel. Ano passado consegui comprar minha casa. Prometi a Nossa Senhora da Penha que se conseguisse, levaria uma casinha representando para o Santuário”, explicou Paulo.

MaisPB