11 de dezembro de 2016 - 01:12

última hora
25/11/2016 às 11h01

Baixo desconto em lojas frusta clientes em ‘Black Friday’

black_friday_04

Os consumidores que foram conferir as ofertas do Black Friday em Salvador nesta sexta-feira (25) sairam decepcionados com a promessa de preços baixos em produtos de maior valor, como eletrodomesticos. No shopping da Bahia, teve fila, antes da abertura, as 7h. Os clientes que foram ao centro de compras reclamam que vieram atraídos por anúncio de preços mais baixos encontraram valores praticamente iguais.

Miram Santos, de 38 anos, disse que esperava mais das promoções (Foto: Juliana Almirante/G1)
Miram Santos, de 38 anos, disse que esperava
mais das promoções (Foto: Juliana Almirante/G1)

A dona de casa Miriam Santos da Cruz de 38 anos, vai comprar um fogão de 5 bocas por que o que tem casa já está antigo e precisa trocar.

“O desconto é de 300 reais, mas esperava mais. Estou desempregada e procurando emprego por conta da crise. Já pesquisei e o melhor preço foi nessa loja. Pretendo pagar uma parte em dinheiro e parcelar o restante”, contou.

Já Wellington Oliveira dos Santos vai sair de mãos vazias. “Esperava preço mais baixo de minisystem, mas só achei 100 reais de desconto. Só tem coisa pequena barata, eletrodoméstico não”, diz.

Sandra Souza da Silva e Silvana Francisca dos Santos são cunhadas e vieram ao shopping da Bahia para tentar achar promoção de eletrodomésticos mas se decepcionaram com os preços. “Quero comprar fogão, geladeira e cama para minha casa, porque os meus já estão velhos. Mas tá no mesmo preço de sempre. Achei que com 3 mil ia dar pra comprar tudo e não vai dar”, disse. Ela ainda vai fazer pesquisa de preço em outras lojas para ver se encontra os produtos com preço mais em conta.

Liliane e Geane Araújo saíram com carros cheios (Foto: Juliana Almirante/G1)
Liliane Costa e Geane Araújo saíram com carros
cheios (Foto: Juliana Almirante/G1)

Quem saiu com o carrinho cheio de compras foi Liliane Costa, de 28 anos, e Geane Araújo, 30. Elas encontraram produtos de limpeza e higiene pessoal com até 50%. “Chegamos 7h. Conseguimos achar preço em conta. Estamos tentando economizar”, disse.

A estudante de pedagogia Maria Ramos foi até a loja tentar trocar a geladeira de casa, mas saiu decepcionada. “Não tem o preço que eu queria. Só tem desconto de R$ 100 reais. Vale a pena comprar depois com mais tranquilidade”, avalia.

G1