10 de dezembro de 2016 - 15:26

última hora
24/11/2016 às 13h18 • atualizado em 24/11/2016 às 15h51

Governo sepulta transferência da Assembleia para a Epitácio Pessoa

O deputado Adriano Galdino e o governador Ricardo Coutinho assinam Termo de Cessão (Foto: Roberto Guedes/ALPB) O deputado Adriano Galdino e o governador Ricardo Coutinho assinam Termo de Cessão (Foto: Roberto Guedes/ALPB)

Um ato governamental colocou a última pá de terra que faltava para sepultar a transferência da sede da Assembleia Legislativa da Paraíba para a avenida Epitácio Pessoa. O ato da Governadoria foi publicado na edição desta quinta-feira (24) do Diário Oficial do Estado e rescinde a cessão de uso feita entre o Poder Executivo e o Legislativo para que a sede da Assembleia fosse transferida para o prédio do antigo Paraiban.

Nos últimos dias, a polêmica em torno da nova sede da Assembleia aumentou. Várias lideranças políticas, inclusive aliados do presidente da Casa, Adriano Galdino (PSB) se posicionaram contra a transferência. Na terça-feira (22), o Tribunal de Contas do Estado (TCE) julgou irregular a licitação feita pela Assembleia para reformar o prédio do antigo Paraiban.

A partir da decisão, Galdino ‘jogou a toalha’ e deixou a construção da nova sede a critério do próximo presidente, Gervásio Maia (PSB).

A permuta entre os dois Poderes foi feita no mês de maio, durante solenidade no Palácio da Redenção. Na ocasião, o presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino, agradeceu ao governador Ricardo Coutinho pelo gesto e enfatizou a relação harmoniosa entre os poderes.

Por sua vez, Ricardo Coutinho afirmou que atendia a uma reivindicação da Assembleia Legislativa e destacou  que o prédio atual não tinha condições para abrigar os trabalhos legislativos.

MaisPB