11 de dezembro de 2016 - 01:10

última hora

Jornalista desde 2007 pela UFPB. Filho de Marizópolis, Sertão da Paraíba. Colunista, apresentador de rádio e TV. Contato com a Coluna: heroncid@gmail.com

24 de novembro de 2016 - 09h55 • atualizado às 12h46

Polêmica do Gravame III: Governo dá um passo atrás e dois adiante

Detran-PB

Governo e bancos aceitaram ceder; sem nenhum lado perdendo, Paraíba saiu ganhando

Até na guerra, recuar nem sempre é perder. Pode ser a estratégia para o momento certo do avanço. No impasse do novo sistema de informações do Detran, contestado por operadoras financeiras, reclamado por concessionárias e responsável pela punição direta ao consumidor, o Governo do Estado, tutor da mudança, cedeu para facilitar a transição.

Com o prazo de 60 dias de manutenção do sistema antigo abre-se espaço para adaptação, mais conciliação com os bancos, alivia-se os prejuízos do setores e devolve ao cidadão paraibano o direito de financiar automóveis, prejudicado pelo confronto entre instituições bancárias e o Detran.

Na briga entre o mar e o rochedo, o contribuinte era o marisco, o mais atingido pela falta de entendimento. O Estado, também, por osmose, amarga baixa de receitas sem vendas de veículos financiados, segmento responsável por considerável arrecadação.

A notícia foi comemorada pelos concessionários, que voltam imediatamente a poder desovar os carros amontoados nos pátios das distribuidoras, e até por usuários impedidos, até ontem, de simplesmente baixar declarações de quitações de alienações fiduciárias.

O Governo do Estado percebeu o tamanho do buraco. Deu um passo atrás para depois conseguir dois adiante. Detran e bancos cederam. Ninguém perdeu. O bom senso e a Paraíba ganharam.

Balão de…

Detran e concessionários devem voltar a se reunir hoje para discutir mais detalhes da retomada das operações.

…Oxigênio

Nós ficamos muito felizes pelo Governo buscar uma solução”, disse Zé Carneiro, presidente da Fenabrave-Paraíba.

Gilberto-CarneiroGilberto Carneiro e a repatriação

A opinião do procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro (foto), à Coluna, sobre o acordo da repatriação, celebrado entre governadores e o presidente Michel Temer, em Brasília: “Considero que os recursos financeiros decorrentes da multa constituem direito dos Estados. Tanto que o STF bloqueou os recursos para a União não poder dispor. É lógico que ainda haveria o julgamento do mérito do processo, o que poderia demorar. Na audiência com o presidente o governador sugeriu que ele, como agente político, se antecipasse a decisão de mérito do STF e já autorizasse a transferência do recurso, mas isso sem qualquer condicionante. Seria um gesto da presidência para com os Estados, tendo em vista que fatalmente a União perderá o processo no STF no julgamento do mérito”. Traduzindo: Temer não fez nenhum favor.

BRASAS

*Campina 2035 – O secretário André Agra (Planejamento), de Campina Grande, desenvolveu plataforma que possibilita monitoramento de políticas públicas e demandas da cidade pelos próximos 20 anos.

*Bate-papo – Deputado licenciado, Ricardo Barbosa (PSB) atualizou as informações de bastidores da Assembleia em conversa bem humorada com o colega João Gonçalves (PDT).

*Consulta – Em tempos que a pele dos políticos está assando, o deputado Raoni Mendes (DEM) aproveitou ontem para dar uma passada no dermatologista.

*Um olho no gato… – Por falar em Raoni, ele está na Assembleia, mas acompanha de perto as negociações para Mesa Diretora da Câmara da Capital, de onde foi até pouco tempo.

*Rédeas – Segundo os depoimentos dos vereadores chamados ao Gabinete, o tom da abordagem do prefeito Luciano Cartaxo não foi dos mais amenos.

*Esquenta – Foi no café Terraço, no Mangabeira Shopping, que Marcos Vinicius (PSDB) reuniu os aliados da base governista pela primeira vez, sem alarde.

FALA CANDINHA!

Pit Stop

De Dona Candinha sobre a nova negociação entre Detran e Bancos: “Deram uma chupeta na bateria das concessionárias”.

PONTO DE INTERROGAÇÃO

Na Prefeitura de João Pessoa, o PMDB vai se contentar com o mesmo tamanho que (não) tinha no Governo do Estado?

sandra-marrocosPINGO QUENTE

“A gente não aceita reeleição”. Da vereadora Sandra Marrocos (PSB-foto), dando o recado da oposição sobre os compromissos com a eleição da Mesa Diretora da Câmara.

Outras Postagens