07 de dezembro de 2016 - 19:12

última hora
22/11/2016 às 12h46 • atualizado em 22/11/2016 às 13h14

TCE susta transferência; Galdino ‘entrega’ missão a Gervásio

Deputado Adriano Galdino Deputado Adriano Galdino

A Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado manteve, nesta terça-feira (22), a suspensão da licitação das obras de reforma do prédio do antigo Paraiban, local escolhido pelo presidente da Assembleia Adriano Galdino (PSB), para transferência da sede do Poder, atualmente instalado na Praça dos Três Poderes.

A licitação foi alvo de questionamentos de uma das empresas concorrentes, a Engemat – Engenharia de Materias LTDA. O TCE manteve o entendimento de irregularidades na licitação.

Logo após a nova decisão desfavorável, Galdino, em tom de chateação anunciou no plenário da Casa a desistência de apresentar novos argumentos e transferiu para o deputado Gervásio Filho (PSB), futuro presidente, a responsabilidade pela condução.

Briga dos bastidores – O processo se arrasta durante todo este ano. Nos bastidores, a transferência ficou comprometida desde o resultado das eleições municipais em que Adriano Galdino, candidato a prefeito em Campina Grande, saiu em rota de colisão com o governador Ricardo Coutinho.

Semana passada, conforme o Portal MaisPB publicou, até o líder do Governo, Hervázio Bezerra (PSB), assumiu posição contra a transferência, assim como institutos de preservação do patrimônio histórico e o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD).

MaisPB