04 de dezembro de 2016 - 00:07

última hora
20/11/2016 às 08h12

Acidente de trem mata mais de 100 e deixa 150 feridos na Índia

trem-india

Mais de 100 pessoas morreram e 150 ficaram feridas neste domingo (20) em um acidente ferroviário, no estado de Uttar Pradesh, no norte da Índia, segundo a agência France Presse. Como muitos feridos estão em estado grave, o número de mortos ainda pode aumentar.

O trem expresso Patna-Indore saiu da linha férrea perto da cidade de Kanpur, no estado de Uttar Pradesh, às 3h (19h30 de Brasília, sábado), quando muitos passageiros estavam dormindo.

As operações de resgate prosseguem para tentar encontrar sobreviventes ou corpos entre as ferragens.

Canais de televisão exibiram imagens de uma composição inclinada, com alguns vagões praticamente esmagados.

Um porta-voz da Região Norte e Central da Rede de Ferrovias indiana, R.D.Bajpayee, disse que “as causas do acidente ainda não puderam ser determinadas”.

Passageiros afirmaram que ouviram um grande barulho pouco antes de serem projetados contra as paredes do trem. “Acordamos com um grande barulho. Era de madrugada e os gritos eram ensurdecedores. Tenho sorte de ter saído com vida e ileso”, afirmou um passageiro à imprensa, segundo a France Presse.

Nitika Trivedi, uma estudante que embarcou no trem com sua família em Patna (leste), ficou traumatizada com a visão dos corpos dos passageiros. “Nunca havia visto algo assim. Estou chocada”, declarou.

O ministro de Ferrovias indiano, Suresh Prabhu, afirmou no Twitter que unidades médicas móveis foram imediatamente para o local do acidente e todos os feridos foram levados aos hospitais mais próximos. “As ações mais contundentes dentro do marco legal serão realizadas contra os responsáveis do acidente”, disse Prabhu.

O primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, afirmou em mensagem na rede social Twitter que suas preces estão com aqueles feridos no “trágico acidente” para sua pronta recuperação, afirmando que está em contato direto com o ministro de Ferrovias.

A rede ferroviária indiana é, com 65 mil km, a quarta maior por extensão do mundo e transporta diariamente cerca de 23 milhões de passageiros. O sistema, principal meio de transporte do país, é antigo e considerado inseguro.

O governo de Modi prometeu investir 137 bilhões de dólares em cinco anos para modernizar e tornar mais segura a rede ferroviária.

O acidente de trem mais grave na Índia aconteceu em 1981, quando um trem caiu em um rio e matou 800 pessoas.

G1