04 de dezembro de 2016 - 00:53

última hora
19/11/2016 às 08h48 • atualizado em 19/11/2016 às 10h14

Procon fiscalizará preços da Black Friday em João Pessoa

procon-jp

A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) está divulgando a lista de preços praticados atualmente dos produtos mais procurados nas lojas da Capital que estão anunciando a participação no Black Friday, que se realiza na próxima sexta-feira (25). Os preços nas lojas virtuais também serão monitorados para verificação da veracidade dos descontos anunciados. Confira neste link: https://goo.gl/V9aE4Z

O Black Friday é uma ação de consumo que se caracteriza por oferecer grandes promoções em diversas lojas – virtuais e físicas. Segundo Marcos Santos, secretário do Procon-JP, o objetivo da fiscalização é inibir possíveis enganações. Ele esclarece que foram levantados preços de 410 itens em 9 lojas do comércio da Capital desde o dia 1º de novembro.

Há mais de 15 dias que estamos trabalhando nessa lista, mas salientamos que as lojas não são obrigadas a dispor de todos os seus produtos para a promoção, por isso o consumidor deve ficar atento na hora de comprar. Nossa lista é geral e pode ou não entrar na promoção”.

A pesquisa levantou preços de produtos como aparelho celular, fogões, geladeiras, microondas, máquinas de lavar, ventilador, ferro de passar, etc, que são bastante procurados nestas promoções. Marcos Santos adianta aos consumidores que estão se programando para aproveitar os descontos oferecidos durante o Black Friday para que prestem atenção ao preço do produto anterior à promoção.

Alertamos para ficarem atentos para as fraudes nesses momentos de grandes promoções. Existe o risco dos produtos terem o valoraumentado um pouco antes do dia da promoção anual, parecendo que o desconto é muito maior do que é na realidade, daí preparamos essa lista de preços nas lojas do comércio pessoense”, explicou o secretário.

Denúncias anteriores – O titular do Procon-JP acrescenta que o Black Friday vem crescendo a cada ano no Brasil e, toda vez que ocorre, há sempre denúncia de fraudes nos descontos. “Já constatamos que alguns lojistas se aproveitam da boa-fé do consumidor neste momento por que sabem que o volume de vendas vem aumentando a cada ano”, disse.

Sites – Em relação à internet, o Procon-JP aconselha que o consumidor dê preferência a sites com boa reputação no mercado e desconfie de ofertas muito abaixo do padrão de mercado. “As pessoas devem conferir se a empresa existe de fato e de direito (CNPJ, endereço e telefone de contato), e entrar logo em contato com os órgãos de defesa do consumidor em caso de dúvida ou se identificar algum problema durante a transação”.

O Procon-JP preparou dicas para deixar o consumidor mais seguro na hora de realizar as compras pela internet. São dicas básicas para que o consumidor se sinta mais seguro quando for comprar em sites.

Dicas para compras pela internet:

a) dar preferência a sites com boa reputação no mercado;

b) desconfiar de ofertas muito abaixo do padrão de mercado.

c) verificar se o endereço eletrônico indicado na barra é o mesmo informado no site;

d) verificar a adoção de sistemas de segurança (cadeado ativo no canto direito da tela), principalmente quando fornecer dados pessoais;

e) desconfiar de formas de pagamento incomuns como depósito em conta de pessoas físicas;

f) conferir se a empresa existe de fato e de direito (CNPJ, endereço e telefone de contato);

g) e entrar logo em contato com os órgãos de defesa do consumidor em caso de dúvida ou identificando algum problema na transação.

MaisPB