07 de dezembro de 2016 - 19:05

última hora
17/11/2016 às 13h52 • atualizado em 17/11/2016 às 13h53

Jovem tenta vender sua virgindade para pagar tratamento do irmão

jovem-china

Uma menina de apenas 19 anos de idade foi vista no metrô de Hangzhou, na China, segurando um letreiro onde se lia que ela vendia sua virgindade a qualquer pessoa disposta a pagar R$ 100 mil (200.000 yuan)

A menina, identificada apenas como Xu, escreveu ainda que tinha um certificado médico provando sua virgindade.

A placa explicava que a menina precisa levantar fundos para poder pagar o tratamento da leucemia de seu irmão de 23 anos. De acordo com a jovem, ele foi diagnosticado com a doença há três anos.

Depois de receber um transplante de medula óssea, ele teve uma reação negativa, e agora precisa passar por uma série de tratamentos caros, para os quais sua família não tem condições de pagar.

A placa da menina chamou atenção de dezenas de usuários do metrô chinês — mas também da polícia, que a levou para a delegacia. Ao chegar lá, ela explicou que seu irmão estava sendo tratado em um hospital local e ela havia chegado recentemente à cidade para ajudá-lo a arrecadar dinheiro.

Em seguida, jornalistas da mídia local conseguiram localizar o irmão da menina no hospital. Ele estava magro e fraco, com o corpo coberto de manchas negras.

Ainda de acordo com a mídia local, policiais explicaram à menina que, apesar de suas boas intenções, o que ela tinha tentado fazer era errado. Ela disse que sabia disso, mas não tinha outra maneira de ajudar seu irmão.

Na China, muitas famílias enfrentaram a mesma situação. Sem dinheiro suficiente para cobrir os custos médicos elevados de seus entes queridos, eles são forçados a recorrer à venda de flores, abraços, dentre outras soluções esdrúxulas para arrecadar dinheiro.

R7