07 de dezembro de 2016 - 19:13

última hora

Jornalista desde 2007 pela UFPB. Filho de Marizópolis, Sertão da Paraíba. Colunista, apresentador de rádio e TV. Contato com a Coluna: heroncid@gmail.com

17 de novembro de 2016 - 11h17 • atualizado às 11h22

Audiência e o gesto de Temer à Paraíba

Ricardo Coutinho e Michel Temer

Ao receber o governador, presidente não fez nenhum favor a Ricardo Coutinho, adversário declarado, e nem a Paraíba, mas teve postura republicana de estadista

Ainda que nada de concreto tenha, efetivamente, produzido, em termos de liberações imediatas de recursos ou deferimento de pronto das demandas apresentadas, a audiência concedida pelo presidente Michel Temer ao governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, pode ser contabilizada como positiva, como mesmo admitiu o socialista, ontem.

Nela, Ricardo teve a especial oportunidade de apresentar pleitos, fazer sugestões e até ponderações, como no caso do pedido de mais debate a respeito da Reforma do Ensino Médio. Todas devidamente levadas em conta e ouvidas atentamente por Temer, no dizer dos presentes ao encontro.

A agenda serviu, também, para desmistificar as teses e especulações de retaliação ao governador, bastante fermentadas nos últimos meses. Se fosse mesquinho e vingativo, Temer não teria aberto as portas do Palácio do Planalto a um chefe de Estado que classificou de “golpe” e ilegítimo o processo de impeachment que lhe alçou à Presidência.

Se agisse com personalismo ou guiado pelo câncer da disputa política menor, poderia ter se mantido surdo aos apelos de audiência e tratado o governador paraibano como um adversário do seu “projeto” e, portanto, digno de ser ignorado, relevado e até combatido.

Temer agiu diferente. Cumpriu com sua obrigação institucional e política. Não fez nenhum favor a Ricardo e nem muito menos à Paraíba. Apenas o dever de um estadista e de quem consegue conviver, sem cara feia, com a democracia do contraditório. Foi um gesto exemplar. E republicano.

Canal…
Interlocutor do encontro, Raimundo Lira (PMDB) frisou que a audiência desobstruiu completamente a relação Temer/Ricardo.

…Aberto
Para Lira, a agenda abriu portas políticas, administrativas e até pessoais. “Temer mostrou apreço por Ricardo”, registrou o senador.

João Alves desembargadorCombate às regalias
“Temos que enfrentar. Todos os poderes têm problemas. Nossa intenção é sermos transparentes e darmos todas as informações e respostas à sociedade”. Foi o que disse, ontem, ao 60 Minutos – Rede Arapuan de Rádios – o presidente eleito do Tribunal de Justiça da Paraíba, João Alves (foto), ao ser questionado sobre como vai encarar os apelos da sociedade de corte e quebra de privilégios no Poder.

BRASAS

Asfixia – Em seu artigo semanal, o empresário Roberto Cavalcanti não economizou críticas à Medida do Governo do Estado, via Detran, que travou o financiamento de veículos na Paraíba.

*Relax – Belo Horizonte (MG) foi o refúgio escolhido pelo prefeito Luciano Cartaxo (PSD) para descansar com a família no feriadão.

*Sede – Na audiência com o governador Ricardo Coutinho, o prefeito eleito Zé Aldemir (PP) reservou um capítulo sobre o abastecimento de Cajazeiras.

*De volta ao front – A ex-candidata à prefeita da Capital, Cida Ramos, criticou, hoje, em evento na UFPB, o “desmonte das políticas sociais” no Governo Temer.

*No exercício – À Coluna, deputado Bruno Cunha Lima (PSDB), em dieta especial, diz não ter apetite por tirar licença da Assembleia, como se especulou.

*Exumação – O deputado Tovar Correia Lima (PSDB) ‘revirou’ o Caso Bruno Ernesto na tribuna da Assembleia.

FALA CANDINHA!
Desde o descobrimento
De Dona Candinha sobre a prisão do ex-governador do Rio, Sérgio Cabral. “Faz tempo que essa família rouba o Brasil”.

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Na reforma, o nível do secretariado do novo governo Luciano Cartaxo vai se manter, cair ou elevar?

hervazio-rgPINGO QUENTE
“É só para aparecer e esconder o mandato pífio”. Do líder do governo na Assembleia, Hervázio Bezerra (PSB), sobre o coordenador, Benjamin Maranhão (SD), que colocou a bancada federal à disposição do Governo para audiência com Temer.

Outras Postagens