04 de dezembro de 2016 - 00:51

última hora
16/11/2016 às 15h06

Unipê encerrará inscrições para vestibular de Medicina esta semana

Esta é a última semana para os interessados se inscreverem no Vestibular de Medicina do Centro Universitário de João Pessoa – Unipê. Com entrada para o próximo semestre (2017.1), são ofertadas 50 vagas. As inscrições podem ser realizadas no portal unipe.br/medicina, até as 22h do dia 22 de novembro, observando-se o horário local. O exame ocorrerá nos dias 3 e 4 de dezembro deste ano, no Campus da Instituição, em Água Fria, João Pessoa.

Entre as novidades para o próximo ano, o curso de Medicina trará o novo complexo com 10 salas de aula, que proporcionará mais conforto e qualidade aos estudantes. Cada sala terá capacidade para 60 alunos. Neste ano, foi iniciada uma parceria com o Hospital Padre Zé que garantirá estágios e práticas exclusivas para alunos do Unipê naquela Unidade Hospitalar.

Conforme o coordenador do curso, prof. Arlindo Monteiro de Carvalho Júnior, haverá um investimento para qualificar as instalações. “Elas servem não só aos alunos de Medicina, mas para todos os alunos da área da Saúde, onde eles poderão estagiar e cumprir as práticas necessárias para uma boa formação profissional”, considerou.

Recentemente, o HPZ entregou à população de João Pessoa 50 novos leitos de longa permanência habilitados pelo Ministério da Saúde. Para a coordenadora de Estágio Institucional, profa. Giselly Lima, com o aumento da capacidade instalada no Hospital, mais pacientes passarão pelo complexo, gerando a possibilidade de os alunos entrarem em contato com diversos casos clínicos, onde poderão realizar práticas de acordo com o que aprenderam em teoria durante a formação.

“Ganham os alunos, por terem esse cenário de prática real com assistência direta ao paciente. Ganham os profissionais do Hospital, porque estão fortalecendo o contato com a academia, visto que passam por treinamentos e capacitações ofertados pela Instituição de Ensino. E ganha, sobretudo, a população de João Pessoa, pois o resultado das ações de todos os envolvidos garantirá assistência de qualidade e excelência no HPZ”, salientou Giselly.

Para Monteiro, há ainda um investimento em simuladores para diversas práticas clínicas para os estudantes e que são necessárias antes do contato com os pacientes do hospital universitário. O coordenador informou que no curso existem atividades de monitoria, de pesquisa, de extensão e atividades práticas, que servirão para uma completa formação acadêmica, além do próprio ensino. O curso propicia aulas práticas no Sistema Único de Saúde – SUS em nível municipal para uma boa formação médica.

Infraestrutura

A infraestrutura do curso é adequada com diversos laboratórios. Monteiro destacou que a Instituição dispõe de duas grandes estruturas laboratoriais, que foram ampliadas, aprimoradas e equipadas: o Complexo Laboratorial – Colab e o Complexo Laboratorial e Clínica-Escola – Colace Florence Nightingale. Mais informações: unipe.br/medicina.

MaisPB