05 de dezembro de 2016 - 07:26

última hora
16/11/2016 às 12h55 • atualizado em 16/11/2016 às 13h17

Anísio Maia rebate denúncia de Daniella: “Oposição quer fazer política com a seca”

anisio maia1

O deputado estadual Anísio Maia (PT), nesta terça-feira (16) rebateu denúncia feita pela deputada Daniella Ribeiro (PP) e alertou em discurso na Assembleia Legislativa da Paraíba sobre o risco de colapso no abastecimento de água potável no estado, em especial na região polarizada por Campina Grande. O açude de Boqueirão se encontra com apenas 5,8% de sua capacidade e é o responsável por abastecer a cidade e outros 19 municípios.

 “Não estou querendo agredir ninguém, mas a bancada federal não fez a sua parte. Quando tiveram a oportunidade de fazer alguma coisa, através das emendas de bancada que são impositivas ao orçamento, simplesmente se omitiram e não destinaram nada para o enfrentamento aos efeitos da seca na Paraíba. Agora, estão se lastimando pela situação de Campina Grande”, disse o deputado.

 Para Anísio Maia, a bancada de oposição ao governo do estado poderia aproveitar a relação que tem com o governo federal para acelerar a liberação de novos recursos do estado. “Ao invés de atacarem politicamente o governo do estado, usem a força que tem em Brasília para defender a Paraíba, principalmente os parlamentares que tem base em Campina Grande”.

 Durante pronunciamento na Assembleia, também nesta quarta-feira, Daniella Ribeiro acusou o governador Ricardo Coutinho (PSB) de ser omisso diante da situação crítica do açude de Boqueirão e afirmou que irá acioná-lo no Ministério Público. Ela também fez críticas ao secretário de Recursos Hídricos, João Azevedo.

“Em Audiência Pública realizada na semana passada, o secretário de recursos hídricos do estado, João Azevedo, mostrou que a gestão estadual vem fazendo sua parte. A oposição deveria se aproveitar da boa relação que tem o governo ilegítimo de Michel Temer e cobrar celeridade nas obras da transposição.”, concluiu Anísio.

MaisPB