05 de dezembro de 2016 - 15:34

última hora
16/11/2016 às 09h09

Energisa e Ipesq trocam geladeiras de 120 famílias de bebês com microcefalia

Uma parceria entre Energisa, por meio do projeto Nossa Energia, e o Instituto Professor Joaquim Amorim Neto (Ipesq), está beneficiando famílias carentes que têm filhos com microcefalia com desconto na conta de luz, troca de lâmpadas e geladeiras e inclusão da família na Tarifa Social de Energia Elétrica.

De acordo com Renato Deladea, gerente de Qualidade e Projetos da Energisa, serão 120 famílias atendidas em 65 cidades paraibanas. “Fizemos o levantamento junto com o Ipesq e a Secretaria de Saúde do Estado para saber onde estavam essas famílias e quantas pessoas iríamos atender”, explica.

A equipe da Energisa já visitou 62 municípios para avaliar a situação das geladeiras, das lâmpadas e o cadastro dessas famílias no Benefício de Prestação Continua (BPC) que concede desconto na conta de luz. “Estamos indo de casa em casa para avaliar a necessidade de trocar o eletrodoméstico e as lâmpadas por modelos mais eficientes que promovam menos consumo para essas famílias”, pontua Renato.

Segundo o gerente os eletrodomésticos serão entregues entre os dias 16 e 28 deste mês. “Isso trará um grande alívio, já que a maior parte dessas famílias é de baixa renda e quanto menor for seu consumo de energia melhor para elas”, complementa.

Convênio

Presidido pela médica e pesquisadora, Adriana Melo, o Ipesq se tornou referência no estudo e tratamento da microcefalia e mudou o enfoque das pesquisas científicas sobre a anomalia em todo o mundo.

Além da pesquisa, o instituto oferece tratamento especializado a mães e bebês, incluindo fisioterapia e apoio psicológico. Por entender que esse trabalho é único e fundamental para o futuro da sociedade, a Energisa firmou convênio com o instituto para arrecadar doações, via conta de energia elétrica por qualquer cidadão.

O Ipesq é um centro de pesquisa sem fins lucrativos que estuda a prevenção e o tratamento da microcefalia.

MaisPB