05 de dezembro de 2016 - 15:32

última hora
16/11/2016 às 06h09 • atualizado em 16/11/2016 às 08h59

Receita Federal deposita penúltimo lote de restituição do IR

salario-aumento-dinheiro

A Receita Federal deposita nesta quarta-feira o sexto e penúltimo lote de restituição do Imposto de Renda. Desde a zero hora de hoje, a depender da organização do banco, mais de 2,2 milhões de contribuintes devem receber R$ 2,67 bilhões referentes ao ajuste de contas feito neste ano. O sexto lote é corrigido por uma taxa de 7,76%, referente à Selic acumulada entre maio e novembro deste ano.

O lote também inclui restituições residuais dos exercícios entre 2008 e 2015, de pessoas que deviam algum esclarecimento à Receita e, por isso, estavam com os montantes retidos. Os chamados lotes residuais estão sujeitos a uma correção monetária que varia de 20,83%, para o exercício 2015, a 89,33%, para 2008. Com isso, o total a ser depositado pelo governo sobe a R$ 2,75 bilhões.

Caso o valor da restituição não seja creditado, o contribuinte deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone exclusivo para pessoas com deficiência auditiva) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

A restituição ficará disponível no Banco do Brasil durante um ano. Se não for resgatada nesse prazo, é preciso requerê-la por meio da internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no Serviço Virtual de Atendimento (e-CAC) no site da Receita, no Extrato do Processamento da DIRPF.

G1