João Pessoa, 26 de maio de 2017 | --ºC / --ºC 04:30 - 2.6 | 10:41 - 0.0 | 16:58 - 2.6 | 23:00 - 0.1 Dólar 3,25 - Euro 3,64

ÚltimaHora
pânico

Grupo explode carro-forte e leva mais de R$ 1 milhão em Pernambuco

Comentários:
publicado em 19/10/2016 às 10h15
A- A+
Bandidos usaram dinamites para explodir o carro-forte (Foto: Divulgação / Sindicato dos Vigilantes)

Um grupo de criminosos assaltou e explodiu um carro-forte de uma empresa de transporte de valores, na noite dessa terça-feira (18), na BR-116, entre os municípios de Salgueiro e Cabrobó, no Sertão de Pernambuco. O valor em dinheiro levado pelos bandidos pode ultrapassar R$ 1 milhão, informou a Polícia Militar (PM). Durante a ação, um dos vigilantes da empresa ficou ferido, mas não corre risco de morte. Até o momento ninguém foi preso.

Segundo informações da polícia, os assaltantes estavam em uma caminhonete, quando ultrapassaram o carro-forte e dispararam tiros de metralhadora ponto 50, que estava armada em cima da carroceria do veículo.

Com os tiros, o motor do carro estourou e os vigilantes foram obrigados a correr para a Caatinga. Os bandidos usaram dinamites para explodir o carro-forte. De acordo com a Polícia Militar, o veículo tinha acabado de realizar a coleta de dinheiro no município de Cabrobó e o valor levado pelos assaltantes pode ultrapassar R$ 1 milhão. Na fuga, o grupo deixou cair maços de dinheiro que ficaram espalhados pela rodovia.

Com a explosão, um dos vigilantes se feriu com estilhaços de vidro, mas não corre risco de morte. Os bandidos colocaram fogo na caminhonete utilizada no assalto e fugiram em outro veículo. O Instituto de Criminalística de Petrolina esteve no local para fazer a perícia. Cápsulas deflagradas de metralhadora ponto 50 foram encontradas no local.

A Polícia Rodoviária Federal, o Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati), O Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (Bepi) e policiais civis estão na busca pelos bandidos. A Delegacia de Polícia Civil de Cabrobó ficará responsável pelas investigações.

G1

Leia Também

error: Conteúdo protegido!