06 de dezembro de 2016 - 11:03

última hora
18/10/2016 às 13h51 • atualizado em 18/10/2016 às 13h52

Enem: 1.400 policiais vão escoltar provas e garantir segurança na Paraíba

22371-gabarito-enem-2015-1

O esquema de segurança para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 vai contar com 1.400 policiais militares e 300 viaturas, que vão atuar na escolta das provas e cadernos de questões, policiamento nos 478 locais de prova e reforço nas 51 cidades onde o Enem será realizado. O plano de segurança foi concluído pela Polícia Militar nesta terça-feira (18).

As provas serão realizadas nos dias 5 e 6 de novembro, mas a operação Enem/2016 da Polícia Militar acontece do dia 4 até o dia 7 por causa das escoltas dos carros dos Correios que vão transportar as provas das unidades centralizadoras (em João Pessoa e Campina Grande) para as unidades distribuidoras, que ficam nas cidades onde acontecem os exames.

O coordenador de planejamento da Polícia Militar, tenente coronel Montgomery Silva, disse que a corporação está pronta para a operação. “Estamos prontos para garantir o sigilo e a segurança na aplicação das provas do Enem/2016 aqui na Paraíba, no que compete a Polícia Militar, através da escolta das provas e do policiamento nos locais. Durante os últimos meses, participamos de várias reuniões de alinhamento da estratégia de segurança em Salvador, São Paulo e Brasília, o que serviu para construir nosso planejamento”, disse.

A PM acompanhará em tempo real toda a operação no Estado, através de três Centros de Comando e Controle, localizados em João Pessoa, Campina Grande e Patos, dando soluções rápidas a eventuais problemas e ocorrências que possam surgir no decorrer da operação, como também com envio de reforço para as rotas de deslocamento dos carros com as provas e cadernos de questões.

Policiamento nos locais de prova – A Polícia Militar vai garantir a segurança em todos os locais de prova e utilizará drones para auxiliar viaturas e motos que vão fazer as rondas nas proximidades desses locais. O objetivo é combater roubos e furtos, já que muitos carros de candidatos ficam estacionados na parte externa, como também coibir a perturbação do sossego (som alto) nas ruas adjacentes.

Secom-PB