21 de janeiro de 2017 - 03:19

última hora
17/10/2016 às 09h48 • atualizado em 17/10/2016 às 10h12

Duas pessoas são assassinadas em cerca de sete horas em Santa Rita

Duas pessoas foram achadas mortas a tiros em um intervalo de pouco mais de sete horas entre a noite do domingo (16) e a manhã desta segunda-feira (17) no bairro de Heitel Santiago, em Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar, nos dois casos as vítimas eram homens e o delegado responsável pelo caso investiga se há ligação entre os crimes.

O primeiro caso foi registrado por volta das 23h20 (horário local) do domingo. A PM recebeu um chamado anônimo informando que um homem foi achado morto, baleado, dentro de um carro. Segundo o delegado Paulo Josafá, a vítima tem 32 anos e é ex-presidiário. No local, ninguém soube explicar como aconteceu o crime nem quem seriam os suspeitos.

Já na manhã desta segunda-feira, por volta das 6h40, a polícia voltou a receber um chamado no mesmo bairro informando que um homem estava caído em uma rua. Ao chegar no local, a polícia constatou que a vítima havia sido morta à tiros. O delegado explica que a família não sabe dizer quais os motivos para o crime.

“Estávamos finalizando a ocorrência do primeiro crime quando fomos chamados para esse e no momento pensamos se tratar de alguma testemunha do outro fato, mas precisamos investigar. Conversando com a família, a irmã informou que ele responde a um processo por agressão a mulher e também já foi viciado em droga. Temos várias linhas para investigar”, explicou Josafá.

Ainda segundo o delegado, a irmã da vítima falou que ele estava em casa no final da tarde quando recebeu a visita de uma pessoa em um carro e os dois saíram. “Após ele sair, ela não recebeu mais nenhuma informação dele. Estamos fazendo uma perícia no local e no decorrer de hoje devemos levantar algumas informações sobre os dois casos”, concluiu.

A PM disse que realizou rondas pela região nos dois casos, mas até as 9h30, ninguém havia sido preso.

G1

Mais Lidas