João Pessoa, 20 de julho de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
um ano

Campina Recicla arrecadou mais de 20 toneladas de resíduos

Comentários:
publicado em 13/10/2016 às 14h55
atualizado em 13/10/2016 às 14h57
A- A+

A Prefeitura Municipal de Campina Grande, através da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), vem beneficiando, por meio do Programa Campina Recicla, Clubes de Mães da cidade com materiais oriundos das doações e coletas de lixo eletrônico do projeto.

Criado em 03 de junho de 2015, o programa completou um ano totalizando mais de 20 toneladas de materiais arrecadados, promovendo tecnologia limpa no município e a correta destinação de resíduos sólidos urbanos, acompanhando o programa de cidades inteligentes a caminho do lixo zero.

Segundo a coordenadora de Tecnologia Limpa da secretaria, Elisa Custódio, em 2015, ano de implantação, o Campina Recicla recolheu 17 toneladas de materiais oriundos de empresas, escolas, órgãos municipais e estaduais e doações de pessoas físicas.

Já em 2016, até outubro, o programa totaliza 12 toneladas de resíduos eletrônicos coletados.

Os materiais recebidos passam por uma triagem e kits são montados e encaminhados para  as associações. Computadores, impressoras, dispositivos para internet entre outros utensílios foram enviados para os clubes de mães de São José da Mata,  do bairro de Santa Rosa, Mariz e Porteira da Pedra.

Além disso, o montante coletado que não é aproveitado, é encaminhado para uma empresa em João Pessoa que emite a certificação de destinação de resíduos a Prefeitura de Campina Grande.

A cidade possui um eco ponto, no Museu Vivo da Ciência e Tecnologia Lynaldo Cavalcanti localizado na Rua Santa Clara, s/n, Centro, das 8h às 17h. Outro ponto deve ser instalado no Instituto Federal (IFPB) no mês de novembro contribuindo para o desenvolvimento do reaproveitamento do lixo eletrônico da cidade.

Foram realizadas ações em parceria com AABB em junho e na próxima terça-feira se encerra com a cooperativa de crédito CREDUNI.

A rede de supermercados Atacadão assim como a Fiep, apoiará o projeto através de doações dos materiais ainda este ano. Eles receberão um certificado destinação correta (C.D.R) e poderão pleitear o selo amigo do meio ambiente.

Durante o mês de junho, o Campina Recicla teve uma extensão para os resíduos sólidos produzidos durante o Maior São João do Mundo com o “Recicla São João”.

Em parceria com as cooperativas que trabalham com reciclagem no município, 15 toneladas de materiais foram recolhidas durante os 31 dias de festejos juninos.  A ação envolveu as secretarias de Ciência, Tecnologia e Inovação,  secretaria de Desenvolvimento e Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente juntamente com 44 catadores de cinco cooperativas.

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, comemorou o sucesso do projeto destacando a função social do “Campina Recicla”.

– É um projeto que além de cuidar do meio ambiente, com a destinação correta do lixo eletrônico, ainda consegue fazer um trabalho social com a doação de eletrônicos reciclados. Estamos habilitados a dar a destinação correta a esse material que, na maioria das vezes, são reaproveitados e doados para quem esteja necessitando – apontou.

Codecom

Leia Também