João Pessoa, 28 de julho de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
PROIBIÇÃO POLÊMICA

Tovar defende manutenção da vaquejada e diz que esporte é tradição nordestina

Comentários:
publicado em 11/10/2016 às 14h05
A- A+
Deputado Tovar Correia Lima, líder da Oposição

O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) participou,  nesta terça-feira (11),  de audiência pública na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) para discutir a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que considerou inconstitucional a lei que regulamenta a atividade no estado do Ceará. O parlamentar questionou a decisão da Corte que pode ser aplicada a outros estados e ao Distrito Federal.

“A vaquejada é uma tradição do povo nordestino e hoje a prática já é realizada em todo o Brasil. Acredito que a análise do STF foi feita superficialmente já que quem acompanha a vaquejada sabe que existem formas de realizar o evento que permitem perfeitamente o cuidado com os animais. Não se pode acabar com uma cultura dessa forma”, afirmou o deputado.

Tovar foi favorável a criação da Frente Parlamentar da Vaquejada na Assembleia para discutir o assunto e buscar soluções de reverter a decisão do STF. “Precisamos discutir esse assunto aqui nesta Casa e a Frente Parlamentar será essencial para isso”, destacou.

Para o diretor de Planejamento da Associação Brasileira de Vaquejada, Leon Freire, o vaqueiro nordestino se mobilizou contra a decisão do STF de forma equivocada, colocando mais de 600 mil pessoas com empregos diretos e indiretos na marginalidade. “Essa decisão tenta nos comparar com criminosos. Nós defendemos uma vaquejada legal e praticamos isso com base na norma que protege os bois e os cavalos. Então essa audiência na Assembleia contribui para que consigamos reverter essa decisão”, disse.

MaisPB

Leia Também