João Pessoa, 24 de julho de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Jornalista desde 2007 pela UFPB. Filho de Marizópolis, Sertão da Paraíba. Colunista, apresentador de rádio e TV. Contato com a Coluna: heroncid@gmail.com

Maioria Temer atropela minoria Dilma

Comentários:
publicado em 11/10/2016 às 12h13
atualizado em 11/10/2016 às 12h31
A- A+
camara-pec-teto

Governo consolidou base política e deixou o que sobrou da base de Dilma na poeira

Foi acachapante a vitória da base do presidente Michel Temer em cima do que restou da oposição, no primeiro grande teste de fogo do novo governo. Foi um tira-teima para identificar o tamanho de Temer e a dimensão do bloco da resistência.

Na votação de uma medida polêmica, apesar do mérito ser absolutamente factível com a realidade, os votos do Governo sobraram no plenário. Temer só precisava de 308 votos para garantir a aprovação da PEC que estabelece teto de gastos públicos.

O Governo impôs 366 votos no plenário, com maioria folgada, e passou a proposta que garante fôlego e ajuste fiscal do Brasil pelos próximos três anos. Uma gambiarra para amortecer o rombo herdado do desgoverno de Dilma.

O resultado ratifica o que já era patente: Dilma e o discurso histérico da oposição ficaram na poeira. Literalmente, minoritários. Nas ruas e no Congresso.

frenteafrenteIntegração metropolitana
Os desafios da Região Metropolitana de João Pessoa exigem políticas comuns das prefeituras. Esse foi o consenso entre os prefeitos eleitos Berg Lima (Bayeux), Márcia Lucena (Conde) e Leto Viana (Cabedelo), durante debate no Frente a Frente, da TV Arapuan. Nos bastidores, os três trocaram ideias sobre projetos conjuntos.

BRASAS
*Previdência – Ao que tudo indica, o deputado Manoel Júnior (PMDB) não trocará o certo pelo duvidoso e não renunciará o mandato de federal pela vice em João Pessoa.

*Secretariado – A prefeita Denise Oliveira (PSB), que não obteve êxito na reeleição em Cajazeiras, deve ser aproveitada no Governo do Estado.

*Derrapada – Zé Aldemir errou ao sacar a esposa, digna e competente Paula Francinete, para secretaria de Saúde. Gesto que não combina com os novos tempos na política.

*Ausente – Adriano Galdino (PSB) nega estremecimento com Ricardo, mas não compareceu ao evento do seu partido, ontem.

*Tentação – A oposição aproveita o distanciamento para incensar Galdino a uma quebra de acordo com Gervásio Filho (PSB).

*Périplo – O governador Ricardo Coutinho está em Brasília. A agenda ainda não foi oficializada pela Secom.

FALA CANDINHA!
Quem tem mais?
Para Dona Candinha, o clã Gadelha está entre André Gadelha (PMDB) e Dalton Gadelha (PSC) para escolher o candidato da família a deputado federal: “André porque tem muito votos… Já Dalton não precisa nem dizer o que ele tem de $obra”.

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Sem Manoel Júnior vice-prefeito, quem merecerá a confiança de Luciano Cartaxo para presidente da Câmara?

cartaxoPINGO QUENTE
“Nós sabemos valorizar os parceiros”. Do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD-foto), sobre a composição do seu novo governo.

Leia Também