João Pessoa, 26 de maio de 2017 | --ºC / --ºC 04:30 - 2.6 | 10:41 - 0.0 | 16:58 - 2.6 | 23:00 - 0.1 Dólar 3,28 - Euro 3,68

ÚltimaHora

Jornalista desde 2007 pela UFPB. Filho de Marizópolis, Sertão da Paraíba. Colunista, apresentador de rádio e TV. Contato com a Coluna: heroncid@gmail.com

PSB inicia reorganização

Comentários:
publicado em 10/10/2016 às 14h09
atualizado em 10/10/2016 às 15h32
A- A+
psbreuniao

Depois do saldo 2016, socialistas buscam reorganização e novo fôlego para se preparar para 2018

A falta de unidade nos discursos do Jardim Girassol é sintomática. Os socialistas acusaram o golpe das urnas e cada um esboçou reações diferentes ao saírem da reunião de avaliação hoje liderada pelo governador Ricardo Coutinho.

Versões à parte, Ricardo não tem tempo a perder e demonstrou isso quando chamou seus liderados a refletir sobre o saldo evidentemente negativo das eleições deste ano sob a ótica do PSB, partido que governa o Estado.

A longevidade do “projeto” passa pela capacidade da legenda se reerguer e minorar as perdas de colégios eleitorais até então governado por aliados.

O ano de 2018 depende muito do tamanho do bloco governista. E ficou patente que a oposição se assenhorou do poder em municípios significativos da geografia política estadual.

Convicto dessa realidade e que não pode mais concorrer ao Governo, Coutinho deflagra a rearrumação para recuperar fôlego e preparar o terreno para conviver com a nova conjuntura, em que a roda gigante rodou em favor de seus seus principais adversários, Cássio Cunha Lima e Luciano Cartaxo.

É fazer de um limão amargo uma doce limonada.

Desempenhos distintos
O PSB de Pernambuco botou o da Paraíba no chileno na eleição municipal. Enquanto os pernambucanos conquistavam 69 prefeituras de um total de 184 (36%), e ainda disputam dois segundos turnos, os paraibanos ganharam apenas 53 em 223 (24%) e não têm nenhum segundo turno pra tentar elevar este número. Sem dúvida um resultado que surpreende, considerando que Paulo Câmara é um político em processo de afirmação e que Ricardo se coloca como o governador mais bem avaliado da legenda.

BRASAS
*Movimento – Marcos Vinicius (PSDB) anda se mexendo para a disputa pela Presidência da Câmara de João Pessoa.

*Guinada – Eliza Virgínia (PSDB), eleitora várias vezes de Durval Ferreira (PP), agora “clama”por renovação no comando da Câmara.

*De fora – Surpreendeu a ausência do deputado Wellington Roberto (PR) entre os deputados paraibanos no jantar promovido pelo presidente Michel Temer.

Auto-crítica – Ousada a proposta do deputado Anísio Maia (PT) de renovação total nas direções do seu partido em todos os níveis.

*Tomando gosto – Professor Charliton Machado (PT) não vai ficar apenas na disputa pela Prefeitura de João Pessoa.

FALA CANDINHA!
Pressão alta
De Dona Candinha sobre o revés nas urnas sofrido pelo deputado Buba Germano (PSB), em Picuí, terra da Carne de Sol: “Buba estava acostumado com a carne. Agora ficou só com o sal”.

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Começou a contagem regressiva para a vice Lígia Feliciano (PDT)?

ricardoPINGO QUENTE
“Eu jogo onde for melhor pro time”. Do governador Ricardo Coutinho (PSB-foto) sobre a desincompatibilização ou não em 2018.

Leia Também

error: Conteúdo protegido!