João Pessoa, 24 de julho de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
iniciativa

Batinga e Maranhão anunciam apoio aos produtores de leite da Paraíba

Comentários:
publicado em 10/10/2016 às 11h02
A- A+

O deputado estadual licenciado e atual secretário de Mobilidade Urbana de João Pessoa, Carlos Batinga (PSC), participou, neste final de semana, de uma audiência com o senador José Maranhão (PMDB) e representantes das Associações de Produtores de Leite do Estado para discutir a situação do setor na Paraíba.

Os produtores lembraram que até 2009, mais de 120 mil litros de leite eram distribuídos diariamente em todo Estado, através do Programa Leite da Paraíba, que tinha cerca de cinco mil produtores e 32 laticínios cadastrados. “A geração de renda era de R$ 5 milhões por mês para esses produtores”, afirmou.

Segundo Carlos Batinga, hoje o setor se restringe a produzir apenas 15 mil litros de leite por dia, fornecidos por cerca de 1300 produtores, que faturam menos de R$ 400 mil por mês. Batinga ainda lembrou que o programa do leite é o único programa de geração de renda continuada já implantando no Semiárido do Nordeste de todos os tempos.

O deputado acrescentou que a discussão junto aos senadores José Maranhão e Cássio Cunha Lima busca recuperar o programa, uma vez que os dois já se comprometeram em defender os produtores de leite do Nordeste, em particular, os da Paraíba.

O Programa do Leite de Cabra foi iniciado em Monteiro, na gestão do então prefeito Carlos Batinga, e depois foi incorporado pelo Governo do Estado, transformando o Cariri no maior produtor de leite de cabra da América Latina, sendo Monteiro o maior produtor de leite caprino do Brasil. Já o programa do leite de vaca foi iniciado no Governo Maranhão II, e incorporado pelo Governo Federal como um programa nacional.

MaisPB

Leia Também