24 de janeiro de 2017 - 01:59

última hora
07/10/2016 às 18h53 • atualizado em 08/10/2016 às 13h08

Associação acredita que STF reveja proibição de vaquejada

O presidente da Associação dos Vaqueiros do Brasil, Cícero Andrade, comentou, nesta sexta-feira (7), a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em proibir as vaquejadas.

Em entrevista ao programa 60 minutos, apresentado pelos jornalistas Heron Cid e Anderson Soares, na Rádio Arapuan FM, Cícero Andrade disse que ainda acredita que a decisão não sirva para todo o país e tem esperança que o Supremo ainda possa rever a decisão.

De acordo com Cícero Andrade a vaquejada faz parte da cultura do Nordeste e gera muitos empregos para a região.

Ele também falou das críticas ao esporte por maltratar os animais. Cícero alegou que medidas tem sido tomadas e considerou que se for levada em consideração todos os possíveis danos sofridos pelos animais outros esportes como rodeios, touradas e corridas também podem  sofrer as  mesmas sanções.

Escute 

Roberto Targino – MaisPB