João Pessoa, 19 de novembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
ELEIÇÕES 2014

José Serra descarta vice de Aécio Neves e diz que pode disputar Senado em SP

Comentários:
publicado em 19/05/2014 às 06h33

Cotado nos últimos dias nos bastidores do PSDB como possível vice na chapa de Aécio Neves à presidência da República, o ex-governador de São Paulo José Serra negou nesse domingo (18) que pleiteia a vaga e desautorizou supostos emissários a negociarem em nome dele.

Através do Facebook, Serra disse que foi “atropelado” pela notícia e que não existe nenhuma negociação no partido para que ele ocupe a vice na chapa presidencial.

“Há coisas que chegam a ter a sua graça, talvez involuntária. Fui literalmente atropelado pela suposta informação de que sou pré-candidato a vice-presidente na chapa presidencial do PSDB, que terá o senador Aécio Neves na cabeça. Nunca fui pré-candidato a vice. Também inexistem “interlocutores” atuando em meu nome. Da minha boca, nunca ninguém ouviu nada a respeito”, disse o tucano.

José Serra afirma que será candidato a deputado federal ou senador por São Paulo, mas ainda não tomou a decisão:
“Já disse mais de uma vez que quem fala o que penso sou eu mesmo. Serei candidato a um cargo no Legislativo Federal — Câmara ou Senado. E só!”, avisou o candidato derrota nas eleições de 2010 e 2012.

O ex-governador de São Paulo aproveitou para criticar os jornais que, segundo ele, inventaram as notícias do suposto interesse dele pelo cargo de vice de Aécio Neves.

“Há o jornalismo informativo, o interpretativo e o opinativo — não sendo raros os textos que fundem essas três vertentes. Com humor, observo que a afirmação de que “Serra e os serristas pressionam para ter o lugar de vice” não se encaixa em nenhuma dessas categorias: isso já faz parte do chamado “jornalismo criativo”, que, entendo, pertence ao terreno da ficção. Sempre que alguém for escrever a respeito, peço que se atenha ao que vai aqui”, declarou José Serra.

Por conta da grande visibilidade e conhecido entre o eleitorado paulista, o PSDB de São Paulo quer Serra candidato a deputado federal, na tentativa que ele eleve o número de cadeiras tucanas na Câmara dos Deputados.

Fontes do PSDB dizem, contudo, que Serra quer disputar o Senado com Eduardo Suplicy (PT), que já está há três mandatos no cargo e tenta neste ano uma nova reeleição.

A decisão depende ainda das alianças de Geraldo Alckmin para o governo de São Paulo. A vaga de senador pode entrar numa negociação com os partidos que formarão a aliança de reeleição do atual governador paulista.

Terra