João Pessoa, 21 de fevereiro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
nesta quinta-feira

MP discute contaminação do açude de Boqueirão

Comentários:
publicado em 09/06/2016 às 11h29
atualizado em 09/06/2016 às 11h30

O Ministério Público realiza na tarde desta quinta-feira, em Campina Grande, uma reunião para discutir a contaminação do açude Epitácio Pessoa (Boqueirão), que abastece o município. O procurador-geral de Justiça, Bertrand Asfora, explicou que a partir do diagnóstico apresentado pela Cagepa e Aesa, o órgão vai definir as medidas que serão adotadas.

“Pra gente efetivamente saber realmente o que é isso, a dimensão disso e tomar as providências cabíveis. Temos dois grandes problemas: a falta d’água e a contaminação”, explicou.

Recentemente a Cagepa confirmou a presença de cianobactérias e cianotoxinas nas águas do açude de Boqueirão.

No ano passado o MP criou uma força-tarefa para fiscalizar a segurança hídrica no estado.

Foram convidados para essa reunião em Campina Grande os promotores de Justiça de Boqueirão e de Campina Grande (Promotorias de Justiça do Meio Ambiente e da Saúde); professores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e representantes da Agência Executiva de Gestão de Águas da Paraíba (Aesa) e da Companhia de Água e Esgoto da Paraíba (Cagepa).

MaisPB

Leia Também