João Pessoa, 09 de junho de 2016 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Jornalista desde 2007 pela UFPB. Filho de Marizópolis, Sertão da Paraíba. Colunista, apresentador de rádio e TV. Contato com a Coluna: heroncid@gmail.com

Bastidores de um reencontro

Comentários:
publicado em 09/06/2016 às 11h07
atualizado em 09/06/2016 às 16h15
claribeironova

Clã Ribeiro supera divergências políticas e pessoais e abre portas com grupo Vital

Durou cerca de uma hora a conversa amistosa entre o deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) e a deputada estadual Daniella Ribeiro (PP), a primeira depois de um intervalo de quatro anos de divergências políticas e pessoais acumuladas entre os dois clãs campinenses.

O encontro aconteceu numa cafeteria em Brasília, localizada na Asa Sul da Capital da República. Antes, um amigo em comum esteve com Daniella nos bastidores do 60 Minutos, programa da Rede Arapuan de Rádios, gerado no Restaurante Campina Grill, na última sexta-feira, puxou assunto político sobre o cenário eleitoral de Campina Grande e sondou a deputada da possibilidade de uma conversa com o ‘desafeto’. Com o sim, começou a operação.

Ato contínuo, Veneziano fez o seu dever de casa. De mão ao telefone, discou para o número da deputada. O gesto inicial para derreter o ‘gelo’ de quase cinco anos. Encontro marcado, os dois dialogaram na tentativa de apagar as páginas de confrontos recentes, sobretudo, por ocasião da última eleição municipal em Campina Grande.

No centro do diálogo, uma recapitulação sobre os laços sanguíneos das famílias e o histórico de alianças no passado. Antes dessa conversa, Daniela consultou o pai, o ex-prefeito Enivaldo Ribeiro, e o deputado federal Aguinaldo Ribeiro, e deles recebeu o sinal verde para a deflagração de uma distensão política.

Bastidores à parte, o encontro traduz fato político considerável na política campinense, até então fria como seu clima agradável e ameno.

Veneziano e Daniella se ajudaram mutuamente. Daniella, ainda sem candidatura definida, mas guardando intenções de fazer o PP emplacar uma vice, deu um recado para o grupo do prefeito Romero Rodrigues, que não se pode dar ao luxo de perder eventuais aliados numa disputa que se prenuncia acirrada. Veneziano mostrou ao PSB, do governador Ricardo Coutinho, que pode sair do isolamento partidária, independente dos socialistas.

Para os dois, o saldo foi positivo. Num cenário ainda de tempo fechado, abriram as portas.

Pau…
Discurso do vereador Bruno Farias (PPS) sobre o Ortotrauma esquentou o debate na Câmara da Capital hoje, pela manhã: “É a gestão dos remendos”.

…Cantando
Vereador Dinho (PMN) retrucou: “O senhor fez parte da gestão três anos, participava de reuniões e seu pai era da Saúde”.

Câmara…
Com microfone cortado pelo presidente em exercício, Zezinho do Botafogo, Dinho reclamou. “O vereador está muito nervoso”, revidou Zezinho.

…Nervosa
O líder Marco Antônio (PHS) atiçou lembrando que Bruno foi auxiliar da Prefeitura. Bruno reagiu: “Lave a boca bem lavadinha pra falar de mim”.

Marco AntônioAssepsia completa
“Você tem que tomar banho de corpo inteiro, eu lhe conheço bem”. Do líder do governo, Marco Antônio (PHS-foto), reagindo a Bruno Farias, que recomendou que o colega lavasse a boca. Daqui para outubro, a temperatura só tende a aumentar.

BRASAS
*Efeito – O Novo Parque da Lagoa atraiu um novo shopping para o Centro. A empresa vai se instalar na antiga Esplanada.

*Prerrogativa – Mesmo que não seja vice, Ronaldinho Cunha Lima (PSDB) terá poder de veto ao nome a ser escolhido por Cássio e Romero.

*Cotação – Os deputados Tovar Correia Lima (PSDB) e Bruno Cunha Lima (PSDB) são os mais cogitados para vice de Romero Rodrigues.

*Otimismo – Articuladores do deputado Adriano Galdino (PSB) acreditam que podem encostar na candidatura de Veneziano Vital (PMDB).

*Exclusão – Adalberto Fulgêncio, aliado de primeira hora, não gostou muito da operação que tornou somente Zennedy Bezerra e Diego Tavares opções de vice.

*Remédio – Isento da bandalheira instalada em Santa Rita, Doutor Emerson, candidato do PSDB, pode surpreender na eleição.

FALA CANDINHA!
Instinto de sobrevivência
De dona Candinha sobre o aceno entre Veneziano e Daniella: “É vital pros dois lados”.

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Quem fez mais mal a Santa Rita: Reginaldo Pereira ou Netinho de Várzea Nova?

RaíssaPINGO QUENTE
“O mosquito pode ir na Granja também, governador”. Da vereadora Raíssa Lacerda (PSD-foto), ‘clamando’ ao Governo do Estado pelo combate ao mosquito Aedes Aegypti.

Leia Também