João Pessoa, 21 de fevereiro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
MaisTV

Vereadores fazem as contas e apostam no “blocão” em JP

Comentários:
publicado em 02/06/2016 às 13h00
atualizado em 02/06/2016 às 14h04
Plenário da Câmara Municipal de João

As eleições acontecem apenas em outubro, mas os vereadores de João Pessoa já estão com a caneta na mão para traçar uma estratégia que garanta retorno à Câmara Municipal no próximo ano. O plano inicial é investir no “blocão” e aglutinar os partidos que estão na base do prefeito Luciano Cartaxo (PSD) em uma mesma coligação para a disputa proporcional.

O presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, Durval Ferreira (PP), considerou válida a tese do “blocão”. “Não é para escapar os vereadores, mas para fazer mais vereadores, no sentido de juntar três ou quatro partidos e assim poderemos fazer dois ou três vereadores”, disse.

Benilton Lucena (PSD) já fez inclusive as contas de quantos votos serão necessários para que um vereador seja eleito. Serão cerca de 13 mil, nas contas dele.  “No blocão todas as sobras (de votos) são absolvidas e agente pode eleger um maior número de vereadores com essas sobras, feitas as devidas coligações para o blocão”, disse.

Conforme Benilton, o projeto inicial é reunir os oito partidos que apoiam o prefeito em uma ou duas coligações.

Bira Pereira (PSD) preferiu não antecipar a estratégia dos partidos para as eleições proporcionais, segundo ele, o tema ainda não está sendo discutido.

“Primeiro formatamos o desenho de cada partido e aí nós vamos, em um segundo momento, pensar na coligação. No momento certo vamos aprofundar essa discussão”, disse.

Confira a entrevista:

MaisPB

Leia Também