João Pessoa, 20 de fevereiro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
EM ALAGOA GRANDE

Polícia apreende acusado de matar cabeleireiro

Comentários:
publicado em 01/06/2016 às 14h03
atualizado em 01/06/2016 às 14h08

A Polícia Civil da Paraíba apreendeu, nesta quarta-feira (1), em Alagoa Grande, o acusado de matar o cabeleiro Jair Gomes Figueiredo Júnior, 38 anos. O crime aconteceu no último dia 17 na casa da vítima, em Mangabeira, Zona Sul de João Pessoa.

De acordo com o delegado Reynaldo  Nóbrega, responsável pelo caso, o adolescente de 16 anos confessou o crime e revelou que matou o cabeleireiro porque a vítima queria mater um relacionamento sexual forçado com ele.
Ainda segundo os relatos do adolescente, o cabeleireiro teria se armado com uma faca após o menor afirma que não era homossexual.

No entanto, o menor conseguiu desarmar a vítima e a golpeou até a morte.

“Ele contou no depoimento que só parou de esfaquear quando percebeu que a vítima não respirava mais”, contou.

No entanto, o delegado descarta a hipótese de legítima defesa por conta da violência do crime.

O adolescente foi localizado após uma denúncia anônima ao 197.

MaisPB

Leia Também