João Pessoa, 30 de Maio de 2016 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
Economia

Comerciantes aproveitam o Maior São João do Mundo para faturar

Comentários:
publicado em 30/05/2016 às 12h11
atualizado em 30/05/2016 às 12h12

Muitos comerciantes aproveitam o Maior São João Mundo, realizado em Campina Grande, para lucrar com venda ou aluguéis de itens juninos: roupas, calçados, acessórios e peças de decoração. Em algumas lojas já é possível sentir o clima da festa incorporado para atrair mais clientes. Com os eventos decorrentes na cidade, visando a comemoração do São João, muitos produtos são solicitados, o que faz a economia local expandir consideravelmente.

Empresários de grande, médio e pequeno porte, produzem peças customizadas e renovam seus estoques para todo o mês de junho. Foi assim que fez a comerciante Célia Oliveira, que desde 2005 aluga peças características para a época, a exemplo dos vestidos e acessórios (chapéus, arranjos e colares, entre outros). As peças são renovadas a cada ano, sempre de acordo com as cores e temas da decoração do espaço do Parque do Povo, segundo dona Célia.

Geralmente os produtos são mais solicitados por pais de estudantes, cujos filhos vão participar de quadrilhas juninas e festas nas escolas da cidade. O investimento com as indumentárias costuma variar, podendo ficar entre R$ 50,00 até R$ 90,00. “É muito gratificante colaborar e produzir peças para realização de uma festa tão bonita! O São João de Campina Grande é nosso orgulho”, afirmou dona Célia. Organizações privadas, públicas e entidades em geral também solicitam os itens para realização de suas confraternizações no período junino.

Na trigésima quarta edição d’O Maior São João do Mundo, a Prefeitura Municipal se empenha para manter a tradição da festa e, apesar da crise econômica que o país vem enfrentando, os trinta e um dias de festa serão realizados e a administração municipal pretende superar todas as expectativas para esta edição. Uma vez que a festa junina gera lucro para a cidade e atinge todas as instâncias da economia de Campina Grande, a cidade toda se beneficia durante este período.

MaisPB

Leia Também