João Pessoa, 05 de abril de 2010 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Jornalista desde 2007 pela UFPB. Filho de Marizópolis, Sertão da Paraíba. Colunista, apresentador de rádio e TV. Contato com a Coluna: heroncid@gmail.com

Acenos para o PT

Comentários:
publicado em 05/04/2010 às 17h22

A semana começa com a intensificação dos acenos da Oposição ao Partido dos Trabalhadores. Primeiro foi o senador Efraim Morais (DEM) que deixou transparecer nas entrelinhas não ser obstáculo para uma eventual acomodação dos petistas na chapa de Ricardo Coutinho (PSB).

Depois, veio o vice-presidente do PSB, Edvaldo Rosas, avisar de público que na Oposição o PT teria vaga na majoritária garantida, diferente do que se projeta na chapa do PMDB, cada vez que Maranhão tenta despistar Luciano Cartaxo do cargo.

Os sinais são explicados pela proximidade de uma nova reunião da executiva do PT marcada para o dia nove de abril. O assunto pode ser colocado em pauta no encontro da cúpula petista.

O bloco da oposição faz, portanto, uma sondagem ao PT pra saber até que ponto o partido está mesmo fechado com o projeto Maranhão IV.

Fora de área – Depois que soube da insatisfação de Wellington Roberto, o deputado federal Wilson Santiago tentou desmanchar o mal entendido provocado por notícias de que teria fechado dobradinha com Vitalzinho (PMDB) para o Senado. Wellington não atendeu as ligações.

Surfando – O novo prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, deveria ter encontrado outra saída antes de comentar sobre as especulações da Mix Comunicação ganhar uma conta da comunicação da Prefeitura. Agra se resumiu a dizer que nada sabia porque havia passado o feriado em descanso no litoral paraibano.

Disposição – O prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo, mostrou que já arregaçou as mangas para eleger o irmão Vitalzinho para o Senado da República. Começou a pré-campanha pelo Sertão. Deve agendar novos encontros em outras regiões.

Leia Também