João Pessoa, 22 de setembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Jornalista desde 2007 pela UFPB. Filho de Marizópolis, Sertão da Paraíba. Colunista, apresentador de rádio e TV. Contato com a Coluna: heroncid@gmail.com

Luiz Couto: burrice ou coerência?

Comentários:
publicado em 20/06/2010 às 10h51

Há quem avalie como erro ou até mesmo burrice a postura de radicalismo adotada pelo deputado federal Luiz Couto (PT). Ele não aceita conversar sobre a possibilidade de ser senador na chapa do PMDB.

Faz isso enquanto Wellington Roberto (PR) suplica por um espaço na majoritária. Se comporta dessa forma no mesmo instante que Vitalzinho (PMDB) esperneia para não perder a vaga de candidato na aliança com Maranhão.

Convenhamos, nos tempos atuais não é um comportamento muito comum na política paraibana, acostumada a conchavos e acertos secretos, testemunhados apenas por quatro paredes.

Couto se mantém coerente com o discurso adotado desde o começo do governo Maranhão III. Nunca fez um elogio. Disparou críticas pesadas contra a gestão peemedebista.

Luiz não quer engolir tudo que disse, principalmente por responsabilizar diretamente o governador pela vitória de Rodrigo Soares no PED do PT.

Essa posição do padre pode lhe custar muito caro. Deve ficar completamente isolado pelos colegas petistas da Paraíba e atraiu para si a ira de alguns integrantes da cúpula nacional.

O ex-todo poderoso José Dirceu não imaginava que seria peitado por Couto, que não se dobrou nem mesmo a pressão do principal articulador de Lula.

Pouca gente nessa Paraíba de poucos cabras machos na política teria coragem para tanto. Tem gente que não aguenta nem o prenúcio de um arrocho.

Couto tem suportado tudo. Se é burrice ou coerência, o tempo dirá.

Avaliação interna – Dentro do grupo de Luiz Couto avalia-se que a postura do deputado federal tende a lhe render bons frutos perante o eleitor mais politizado do Estado. Esperam votação surpreendente na capital.

Profissional – O deputado federal Wellington Roberto é mais esperto do que se possa imaginar. Iniciou articulação para substituir Efraim Morais. Perguntado sobre o assunto dá uma de "João sem braço" e finge que nada sabe.

Emoção – O prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital, não escondeu a emoção ao receber homenagem póstuma ao seu pai, Vital do Rêgo, no prêmio Heitor Falcão, do colunista Abelardo Jurema.

Resistência – Enquanto crescem os boatos da desistência de Efraim Morais, o filho do senador se desdobra em dar entrevistas garantindo que o democrata vai disputar a reeleição.

Leia Também