João Pessoa, 11 de dezembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
AMEAÇA

Jihadistas decapitam segundo jornalista americano

Comentários:
publicado em 02/09/2014 às 16h34

O  estado Islâmico divulgou um vídeo nesta terça-feira mostrando um jihadista mascarado decapitando um segundo jornalista americano, de acordo com o grupo de monitoração terrorista SITE.

A Casa Branca afirmou que ainda é preciso verificar a auteticidade da gravação, que mostra, segundo o SITE, a execução de Steven Sotloff, 31 anos.

O militante mascarado condena os ataques americanos contra o Estado Islâmico e corta a garganta de Sotloff. Depois apresenta um segundo refém, identificado como um britânico e ameaça matá-lo.

"Estou de volta, Obama, e estou de volta por causa de sua arrogante política externa em relação ao Estado Islâmico", afirma o jihadista, em aparente referência ao vídeo anterior no qual o jornalista americano James Foley também foi executado por decapitação.

ames Foley era americano e tinha 40 anos. Repórter experiente, cobriu o conflito na Líbia, antes de viajar para a Síria, onde trabalhou na revolta contra o regime de Bashar al-Assad para o site de informações americano GlobalPost, para a Agência France-Presse (AFP) e outros meios de comunicação. O jornalismo era para ele uma segunda carreira, uma vez que se inscreveu na Escola de Jornalismo da Northwestern University, aos 35 anos. Anteriormente, ele foi professor e ensinou detentos a ler e escrever em várias prisões.

Terra

Leia Também