João Pessoa, 19 de setembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Jornalista desde 2007 pela UFPB. Filho de Marizópolis, Sertão da Paraíba. Colunista, apresentador de rádio e TV. Contato com a Coluna: heroncid@gmail.com

Notinhas

Comentários:
publicado em 17/12/2010 às 13h23
A- A+

Estilo – O governador eleito Ricardo Coutinho (PSB) mantém discrição quando o assunto é convocação do secretariado. Até para aliados mais próximos, o socialista evita falar no assunto.

Como é… – O "jeito" de Ricardo Coutinho é respeitado, mas é visto com questionamento até por cotados. Um destes, confessou ao Maispb que faria diferente.

Como deveria ser… – O raciocínio é o seguinte: Se Ricardo chamasse alguns escolhidos e comunicasse o chamado, os futuros secretários cuidariam logo de apressar providências e dados para subsidiar o governador.

O Tércio – Na bolsa de apostas de um neo-socialista o nome do deputado estadual Manoel Ludgero (PDT) aparece como uma provável surpresa na disputa pela Mesa Diretora da Assembléia.

Desejo ou ironia? – O prefeito de João Pessoa, Luciano Agra (PSB), espera ter o apoio dos vereadores tucanos Hervázio Bezerra e Marcus Vinicius. Agra lembra que PSDB e PSB estão aliados e a aliança deveria incluir os ciceristas.

Torcida – A família Dunga já fez todos os cálculos e ainda aposta que Carlos Dunga (PTB) deve ocupar a cadeira de Dinaldo Wanderley (PSDB) na Assembléia Legislativa. Dungar Júnior está esperançoso.

Parto – Quem diria. Uma gravidez vai dar a luz para Carlos Batinga (PSC) voltar à Assembléia Legislativa. Grávida, Olenka Maranhão (PMDB) deve tirar licença de seis meses na Casa.

Leia Também