João Pessoa, 19 de junho de 2015 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
duas novas

Paraíba terá 11 Delegacias Especializadas da Mulher

Comentários:
publicado em 19/06/2015 às 17h46

O governador Ricardo Coutinho anunciou, nesta sexta-feira (19), três ações de segurança que reforçarão as ações de enfrentamento da violência doméstica e sexual contra mulher na Paraíba: a abertura da segunda unidade da Delegacia da Mulher de João Pessoa; a publicação do decreto estadual de criação da Delegacia Especializada da Mulher de Monteiro, além da oficialização do funcionamento da Coordenação das Delegacias Especializadas da Mulher, que será subordinada diretamente à Delegacia Geral da Polícia Civil. No total, serão 11 delegacias especializadas em funcionamento no Estado.
O anúncio foi feito durante a visita às obras do novo prédio da Central de Polícia, onde funcionará a segunda unidade da Delegacia da Mulher de João Pessoa. O detalhe é que ela terá prédio e entrada com acesso próprio.
“Temos a necessidade por parte do Estado de imprimir ações mais vigorosas no combate à violência contra a mulher por meio da criação de mais duas Delegacias Especializadas da Mulher, em Monteiro e João Pessoa, privilegiando, assim, a região do Cariri, carente de delegacia especializada dessa natureza e também as mulheres dos bairros de João Pessoa localizados na região Sul”, disse o governador Ricardo Coutinho.
Segundo a coordenadora geral das Delegacias da Mulher da Paraíba, Maísa Félix, após 28 anos, o Governo está criando a segunda Delegacia Especializada da Mulher de João Pessoa. “Na verdade era um sonho a criação de mais uma delegacia na Capital com prédio próprio e acesso totalmente independente e também de uma delegacia para atender a demanda do Cariri. Realmente agora termos mais condições de oferecer um atendimento mais humanizado”, disse a delegada Maísa.
Em toda a Paraíba existem 11 estruturas de atendimento à mulher vítima de violência, instaladas nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Guarabira, Bayeux, Santa Rita, Cabedelo, Patos, Sousa, Cajazeiras, Queimadas e Esperança.
MaisPB

Leia Também